Umidade relativa do ar cai a 29,5% e Campinas entra em Estado de Atenção

O Departamento de Defesa Civil de Campinas informa que a cidade entrou em Estado de Atenção devido a umidade relativa do ar (URA) ter atingido o índice de 29,5% às 13h da tarde desta terça-feira, 4 de maio. Os dados são da Estação Ciiagro/ IAC Campinas
Região Norte.

O diretor da Defesa Civil de Campinas, Sidnei Furtado, explica que quando a umidade relativa do ar fica entre 20 e 30%, o setor de monitoramento emite o alerta de Estado de Atenção para que a população seja avisada e sejam tomadas medidas preventivas.


A baixa umidade do ar prejudica o ser humano e o meio ambiente, podendo inclusive aumentar o risco de incêndios em vegetação e causar problemas respiratórios. Pode, até, provocar desidratação.

A população deve evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h e sempre procurar locais sombreados. Outra alternativa é umidificar o ambiente com uso de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins etc.

 

 

Sempre que possível, as pessoas devem permanecer em locais protegidos do sol e em áreas arborizadas. Consumir água à vontade para manter a hidratação do corpo é fundamental, com atenção especial para crianças e idosos.