Secretário de Desenvolvimento prestigia Dia Mundial da Criatividade

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo, André von Zuben, participou nesta segunda-feira, 22 de abril, da abertura oficial do Dia Mundial da Criatividade (DMC) em Campinas. Em sua segunda edição, o evento conta com 40 atrações espalhadas pela cidade, abordando inovação, arte, tecnologia, diversidade e impacto social.

 

 

O Dia Mundial da Criatividade é comemorado em 21 de abril. Para celebrar a data, mais de 50 cidades em todo o Brasil prepararam uma programação com diversas apresentações artísticas, palestras e workshops gratuitos. Em Campinas, a programação começou com atividades na noite de domingo, 21 de abril. Nesta segunda-feira, as atividades tiveram início pela manhã e só terminam às 22h.


 

 

Na primeira edição, realizada em 2018, toda a agenda em Campinas ocorreu no Espaço Sete Criativo, palco da abertura oficial, nesta segunda-feira. Já este ano, confirmando o seu crescimento na cidade, o evento se espalhou ainda por outros seis locais: PUC-Campinas (Campus I), CIS Guanabara, WeMe, Carroça Medieval, Alma Coliving e IDE Escola de Arte. “Este evento tem tudo a ver com Campinas e queremos cada vez mais ter momentos como este de inspiração. É uma grande iniciativa, com várias pessoas e profissionais bem-sucedidos, que se dispõem voluntariamente a contribuir e colocar os seus conhecimentos para inspirar outras pessoas”, afirmou o secretário André von Zuben.

 

 

Apesar de não ser novo, o conceito de economia criativa ainda está em construção. Muitos pensam, equivocadamente, que ele inclui somente bens e serviços culturais, como artesanatos e artes. No entanto, a economia criativa abrange envolve vários segmentos, como, por exemplo, publicidade, design, ciência e tecnologia, gastronomia, música e fabricação de cervejas artesanais.

 

 

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Campinas destacou a importância de disseminar e apoiar a economia criativa na cidade. “A Prefeitura de Campinas, por meio da nossa secretaria, está empenhada no desenvolvimento da economia criativa. Estamos elaborando um programa nesse sentido e já contamos com a parceria do Sebrae”, revelou o secretário, reforçando que o potencial da economia criativa em Campinas pode ser percebido pelo sucesso de alguns eventos já realizados, como o SoulLocal Festival, o InovaCampinas e o Chefs Campinas, todos apoiados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo.

 

 

Segundo Paula Franceschini, líder da organização do evento em Campinas, cerca de 2.500 pessoas se inscreveram para as atividades do DMC na cidade. “Para nós, a economia criativa não é apenas celebrar a criatividade ou atividades artísticas ou de lazer. Lógico que isso é importante, mas é também falar sobre o desenvolvimento e do que pode surgir por meio da economia criativa, que está presente em diversos segmentos. Esta é uma grande oportunidade de reconhecer nossos talentos locais”, disse Paula Franceschini. “Campinas já é um grande polo de alta tecnologia, uma cidade que é vetor de crescimento no país. E nós queremos, cada vez mais, podermos nos reconhecer como cidade de vetor de crescimento da economia criativa no Brasil”, completou.

 

 

O Dia Mundial da Criatividade em Campinas tem o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo de Campinas, Sanasa, 3M do Brasil, Campinas Tech, Vira Comunicação, Inova Unicamp, Campinas.com.br e Sebrae.

 

Inovação

 

 

O World Creativity Day (Dia Mundial da Criatividade) entrou para o calendário oficial da Organização das Nações Unidas (ONU) em 2017, com a intenção de apresentar a importância da inovação e desenvolvimento sustentável.

 

 

Neste ano, além de englobar 17 estados brasileiros, o DMC será realizado também em Portugal, Alemanha e Sérvia. A estimativa é atrair um público de mais 65 mil pessoas no Brasil, com palestras, mesas e oficinas, mostrando as várias vertentes da criatividade: arte, inovação, economia, tecnologia, educação, negócios, entre outros.