Secretaria de Educação reforma 32 escolas durante a pandemia

A Secretaria de Educação está reformando 32 escolas da Rede Municipal, localizadas nas cinco regiões da cidade (norte, sul, leste, sudoeste e noroeste). São reformas em cozinhas e banheiros, troca de telhados, reparos nas redes de esgoto, elétricas e hidráulicas, construção de rampas de acessibilidade, troca de caixas d’água, entre outras. O investimento é de R$ 5,6 milhões.

Normalmente, essas reformas aconteceriam nos meses de meses de julho, novembro, dezembro e janeiro. “São obras que acontecem durantes as férias ou recesso escolar. Elas não podem ser realizadas com alunos na unidade, por conta do risco de acidentes. Por isso, aproveitamos esse período da pandemia para adiantar esses trabalhos”, disse a secretária de Educação, Solange Pelicer, durante transmissão ao vivo nesta terça-feira, nas redes sociais do prefeito Jonas Donizette. Em virtude da pandemia da Covid-19, as aulas foram paralisadas no dia 23 de março.


8 escolas já tiveram as obras concluídas 

– Emef José Narciso Ehrenberg, no Jardim São Marcos – reforma do banheiro;

– Emef Benevenuto de Figueiredo Torres, no Jardim São José; e Emef Corrêa de Mello, no Parque Dom Pedro II – troca da caixa d’água;

– EEI Zeferino Vaz (Caic), na Vila União – reforma no refeitório e troca do telhado da quadra poliesportiva;

– CEI Maria Beatriz Carvalho Moreira, na Vila Georgina – construção da rampa de acessibilidade;

– CEI Dr. Eduardo Pereira de Almeida, no Jardim Nova Europa – troca do telhado;

– EEI Raul Pila, no Jardim Flamboyant – drenagem e reforma da arquibancada da quadra de esportes;

– CEI Alexandre Sartori, na Vila São Joaquim – troca do telhado e da rede elétrica.

18 escolas estão em reforma:

– CEI Roberto Telles Sampaio, no Jardim São Marcos – reforma na cozinha e troca da rede de esgoto;

– CEI Agostinho Pátaro, em Barão Geraldo – reforma na cozinha e banheiro;

– CEI Professora Leonor Motta Zuppi, no Jardim Santa Genebra – reforma na copa e banheiro;

– CEI Professor Jorge Leme, Na Vila Padre Anchieta – drenagem;

– CEI Brasília Bygton, na Vila Padre Anchieta – drenagem;

– CEI Bem Querer Prefeito Francisco Amaral, na Gleba B – drenagem;

– EEI Padre Francisco Silva,  na Vila Castelo Branco – reforma na cozinha;

– CEI Otávio César Borghi, no Parque Floresta- troca de telhado;

– Emef Elza Maria Pelegrini Aguiar, no Parque Dom Pedro II – troca de telhado;

– CEI Brígida Chinaglia Costa, no Jardim Baronesa – troca de telhado;

– Emef Virgínia Mendes Antunes Vasconcellos, no Jardim Maria Rosa – construção do muro;

– Emef Floriano Peixoto, na Vila Orosimbo Maia – construção do muro;

-CEI Bem Querer Darcy Ribeiro, no Vida Nova – troca da caixa d’água;

– CEI Bem Querer João Mendes Calmon, no Parque Vista Alegre – troca da caixa d’água;

– CEI Dr. Manoel Affonso Ferreira, na Vila Teixeira – reforma da cozinha e copa dos funcionários;

– CEI Irmã Dulce, no Jardim São José – troca do telhado e reforma da cozinha;

– CEI José Pires Neto, no Jardim Proença – troca do telhado e reforma da cozinha;

– CEI Carlos Gomes, no Jardim Monte Belo – troca do forro, telhado e bebedouros.

6 escolas que estão com obras para começar:

– Emef Padre Melico Cândido Barbosa, no Parque Tropical – reforma da cozinha;

– CEI Claudia Maria Luz Xavier, No Parque São Bento – troca do telhado;

– CEI Else Feijó Gomes, no Campina Grande – reforma da copa e czinha;

– CEI Hermínia Ricci, na Vila Padre Manoel Da Nóbrega – reforma do banheiro;

– CEI Bem Querer Professor Milton Santos, no Parque Dom Pedro II – construção da calçada interna;

– CEI Bem Querer Trancredo Neves, no Jardim Campos Elíseos – troca da caixa d’água e construção da casinha de bonecas.

Fonte: Prefeitura de Campinas