Refeitório ampliará o atendimento à população em situação de rua

A entrega do Refeitório da Cidadania, que ocorrerá neste mês de julho, ampliará a rede municipal de atendimento à população em situação de rua. O anúncio foi feito na tarde desta segunda-feira, dia 13 de julho, pelo prefeito de Campinas, Jonas Donizette, durante transmissão ao vivo pelas redes sociais. As instalações, no centro da cidade, estão sendo finalizadas.

Na ocasião, o prefeito também assinou autorização para o Projeto de Lei que será encaminhado à Câmara de Vereadores com o intuito de criar um cadastro de grupos de voluntários para distribuição de alimentação às pessoas que vivem em situação de rua no município.


O prefeito expressou seu respeito e carinho às pessoas que ajudam quem necessita e afirmou que o cadastro tem como objetivo organizar as ações voluntárias. “Primeiro quero registrar meu carinho e respeito pelas pessoas que se movem por alguém necessitado e dizer que poderão continuar praticando seu gesto de humanidade e de ajuda ao próximo, só que a partir de agora, haverá um local apropriado para isso. Nosso propósito é fazer um elo entre essas duas partes”, comentou Jonas Donizette.

Além de disponibilizar um novo local, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos, também continuará providenciando a alimentação.

Conforme a secretária da Pasta, Eliane Jocelaine Pereira, a pandemia tem  mostrado a necessidade de um Estado mais forte e politicamente mais próximo de toda a população. “Por isso, seguindo o caminho de avanço nas políticas públicas de Assistência Social ao longo dos últimos anos, esse Projeto de Lei vem acompanhado de um serviço estruturado para que a política de atendimento à população em situação de rua também esteja cada vez mais qualificada”, disse.

A secretária informou que o espaço está sendo mobiliado e entrará em operacionalização neste mês. “Não podemos prescindir da ajuda das pessoas que queiram colaborar conosco e que se sensibilizam para ajudar essa população que convive com tantas dificuldades por conta da complexidade da situação de rua. E, com este novo espaço, essa ajuda será organizada”, reforçou.

A alimentação continuará sendo ofertada pela Administração Municipal garantindo todo o aspecto de segurança alimentar e nutricional necessário para a população. Eliane Jocelaine lembra que desde o início da pandemia a secretaria assumiu a distribuição da alimentação para a população em situação de rua e isso será permanente.

“Atualmente, distribuímos quase 30 mil refeições ao mês e vamos manter esta ação. Assim, esperamos que os voluntários migrem para esse novo espaço que será implementado de acordo com a regulamentação prevista no Projeto de Lei”. 

O Refeitório da Cidadania fica no centro da cidade, na Rua Álvares Machado, nº 766, próximo ao Mercado Municipal.