Obras do Corredor BRT Ouro Verde avançam para a Rua Piracicaba

A partir da próxima terça-feira, 9 de abril, as obras de implantação do Corredor BRT (Bus Rapid Transit, Ônibus de Trânsito Rápido) Ouro Verde avançam para novo estágio na Rua Piracicaba, na região do Jardim Novo Campos Elíseos. O novo trecho de obras provoca bloqueio parcial em trecho de aproximadamente 600 metros da via, desde a rotatória entre a Avenida Paulo de Camargo Moraes e a Rua Luiz Marcelino Guernelli, até o entroncamento com a Avenida Ruy Rodriguez. 

No local, serão construídos o pavimento do corredor para os veículos BRT e a estação Piracicaba. Para viabilizar os trabalhos, serão bloqueadas as pistas de rolamento da esquerda, junto ao canteiro central, nos dois sentidos de circulação. O trecho em obras passará a contar com uma faixa por sentido para o tráfego de veículos. 


“Cerca de 48% das obras do BRT campineiro já estão em execução. Os trabalhos estão dentro do cronograma, até adiantados em alguns trechos. Nossa expectativa é que a parte pesada da obra, com intervenções viárias, seja totalmente concluída até o final deste ano. A população poderá usufruir dos Corredores BRT em meados do próximo ano”, afirma o secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Carlos José Barreiro.

Medidas operacionais

Assim como vem praticando nos demais trechos em obras, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) adotou planos operacionais e de comunicação, com o objetivo de minimizar os impactos viários. Uma das medidas é a redução da velocidade máxima permitida na via, que passa de 60 km/h para 40 km/h. 

O estacionamento de veículos fica proibido ao longo de todo o trecho em obras, em ambos os sentidos. Os pontos de ônibus existentes no trecho em obras serão mantidos. O plano operacional inclui ainda a indicação de rotas alternativas para que os motoristas evitem a região em obras. Os trajetos alternativos estarão devidamente sinalizados.

Desde o dia 5 de abril, moradores da região impactada estão sendo informados sobre as alterações viárias por funcionários da Emdec. Agentes da Mobilidade Urbana circulam pelo trecho em obras, monitorando o trânsito.

A recomendação da Emdec é que os motoristas evitem circular pela região em obras, durante o período da interdição, agilizando o seu tempo de percurso pelas rotas alternativas. No trecho em obras, a prioridade de circulação é dos ônibus do transporte público coletivo. As dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone 118, o “Fale Conosco Emdec”.

BRT Ouro Verde

O novo trecho de obras na Rua Piracicaba está dentro do Lote 4 do BRT campineiro e é parte do trecho 2 do Corredor Ouro Verde. O BRT Ouro Verde contempla 14,6 km de extensão e quatro obras de arte (pontes e viadutos), saindo da região central, do Terminal Central, seguindo pelas avenidas João Jorge, Amoreiras, Ruy Rodriguez, passando pelo Terminal Ouro Verde, Camucim até o Terminal Vida Nova.

O trecho 2 vai do futuro Terminal Campos Elíseos até o Terminal Ouro Verde, com 5,7 km de extensão. As obras desse trecho foram iniciadas em abril de 2018, na Avenida Ruy Rodriguez, onde há trabalhos simultâneos desde a região do hipermercado Extra Amoreiras, passando pelo Rio Capivari até a Rodovia dos Bandeirantes. Além da execução do pavimento do corredor, os trabalhos desse trecho contemplam a construção das estações Santa Lúcia e Capivari, além de uma ponte sobre o rio Capivari.

Também há trabalhos do Corredor Ouro Verde em andamento na Avenida Ruy Rodriguez, na região do Parque Universitário de Viracopos (Lote 4, Trecho 3); e na Avenida das Amoreiras (Lote 3, Trecho 1), nas regiões da Vila Rica, Vila Mimosa, Jardim do Lago e São Bernardo. 

Juntos, os três corredores BRT do município – Campo Grande, Ouro Verde e Perimetral – somam 36,6 km de extensão. Desse total, 23,2 km já estão com obras em andamento, em diferentes estágios. Das 15 obras de arte (pontes e viadutos) que serão construídas ao longo dos trajetos, 11 se encontram em plena execução.