Encontro com empresas americanas debate soluções tecnológicas para a Saúde

A prefeitura de Campinas recebeu na manhã desta terça-feira, 7 de novembro, uma comitiva de empresas americanas especializadas em tecnologia da informação (TI) na área da saúde. Contando com a presença do prefeito Jonas Donizette e autoridades de outros municípios da Região Metropolitana de Campinas (RMC), a reunião na Sala Azul teve como objetivo debater possíveis parcerias e soluções em produtos e softwares para a área da saúde, visando melhorarias na qualidade dos serviços e redução de custos.
O encontro foi promovido pelo departamento comercial do Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, em parceria com a Agência Metropolitana de Campinas (Agemcamp) e a prefeitura de Campinas. A reunião fez parte da 4ª Missão Anual de Comércio de TI em Saúde no Brasil (U.S-Brazil Health IT Week), organizado pelo consulado. Nas três edições anteriores, além da capital paulista, o evento aconteceu no Rio de Janeiro, Porto Alegre e Recife. Campinas foi escolhida este ano por ser considerada uma das principais referências no País na área da saúde, reconhecida pela qualidade dos profissionais e especialistas do setor. As seis empresas americanas presentes foram .
O prefeito Jonas Donizette, que também é presidente da Frente Nacional de Prefeitos, destaca que a tecnologia já vem fazendo parte do dia a dia do sistema de saúde de várias cidades, como Campinas, mas ainda pode contribuir para melhorias no setor. “Um grande desafio do Brasil tem sido a saúde pública. A União foi reduzindo sua participação e os municípios, para dar atendimento à população, foram investindo mais dinheiro. Porém, mesmo assim, não temos uma satisfação adequada da população na prestação de serviços na área de saúde”, avalia o prefeito. “O assunto que está sendo tratado aqui hoje nos interessa muito, porque as pessoas estão vivendo mais, isso é bom. Há três décadas, o brasileiro com 50 ou 60 anos era considerado uma pessoa idosa. Hoje nós já temos a chamada quarta idade, que é dos 80 aos 100 anos, muitas pessoas ampliando a expectativa de vida. A tecnologia vem avançando muito na área da saúde e ela pode nos ajudar, ser nossa amiga, nossa parceira na solução de muitos dos problemas do nosso cotidiano”, acrescentou.
Para a cônsul comercial do Consulado dos Estados Unidos em São Paulo, Sarah Cook, parcerias entre as empresas americanas inovadoras, prefeituras e hospitais da RMC poderão representar um salto de qualidade para os sistemas de saúde. “Obrigada Campinas por abrir suas portas para nós. Acredito que, trabalhando juntos, poderemos alcançar um grande impacto na produção de serviços de saúde de padrão mundial por um preço acessível”, projetou. Nesta 4ª missão anual, além de Campinas, já foram promovidos este ano encontros em São Paulo e Santos. Nesta quarta-feira, 8 de novembro, o ciclo de 2017 será concluído em Belo Horizonte.
O secretário municipal de Saúde, Carmino Antonio de Souza, lembrou que esta aproximação começou em setembro do ano passado, quando uma comitiva de Campinas se reuniu, em São Paulo, com empresas americanas de TI na área da saúde. “Nos colocamos à disposição para continuarmos discutindo em quais as áreas é possível desenvolvermos ações neste setor tão fundamental. Tenho certeza que um dos grandes problemas de saúde no Brasil é a carência de informação gerencial adequada. E isso só vamos conseguir na hora que tivermos implantado esse sistema de informação em todo o país.”
O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo, André von Zuben, reforça que o grande potencial tecnológico da região propicia um ambiente oportuno para o desenvolvimento de novas ferramentas. “Depois do turismo de negócios e eventos, o terceiro principal motivo para se hospedar em Campinas ocorre por conta do atendimento médico na rede hospitalar da cidade. Isso demonstra que esse é um setor no qual conjugamos tanto a competência médica hospitalar quanto o desenvolvimento científico na área de softwares para mais resultados nessa área. Vejo uma condição muito favorável para que toda essa discussão seja ampliada e aprofundada para trazermos melhorias ao atendimento da saúde pública”, disse André von Zuben, que também é presidente do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação.
A reunião contou, ainda, com as presenças do vice-prefeito de Campinas, Henrique Magalhães Teixeira, do prefeito de Santa Bárbara d’Oeste e presidente do Conselho de Desenvolvimento da RMC, Denis Andia, da diretora executiva da Agemcamp, Ester Viana, de vereadores de Campinas, e secretários e representantes das cidades de Americana, Valinhos, Nova Odessa, Cosmópolis, Itatiba, Monte Mor, Morungaba e Engenheiro Coelho.
Após o encontro com autoridades da região, as seis empresas se reuniram também na prefeitura com representantes de hospitais, planos de saúde e clínicas de Campinas.