Ação da Prefeitura coíbe colagem de cartazes em solo público

A fiscalização da Setec (Serviços Técnicos Gerais) autuou no início da tarde desta quarta-feira, 11 de setembro, uma taróloga por colagem de cartazes em postes da cidade, o que é proibido pela legislação municipal. Esta foi uma ação conjunta realizada pela Prefeitura de Campinas, Setec e Guarda Municipal.

 

A taróloga oferecia serviços de vidência, búzios, tarôs, amarração amorosa e leitura na borra de café divulgados por meio de cartazes afixados em postes da cidade. Na noite anterior, terça-feira, 10 de setembro, agentes da Prefeitura flagraram dois garotos colando os cartazes nos postes.


 

Os agentes foram ao local de atendimento da taróloga, no Jardim do Trevo, após trabalho de investigação via publicidade irregular. A taróloga foi autuada em cerca de R$ 3 mil.

 

A afixação de cartazes em postes é proibida pela legislação municipal. As leis municipais 9.207/96 e 12.159/04 proíbem a colagem de cartazes contendo publicidade em tapumes, postes e mobiliário urbano (lixeiras, por exemplo), ou seja, no solo público sem autorização.

 

A Prefeitura tem realizado o monitoramento constante desse tipo de atividade irregular em vários pontos da cidade, para coibir e punir os infratores. No ano passado, várias ações foram deflagradas e centenas de cartazes foram recolhidos.